Início > Uncategorized > Governo aposta em obra inconclusa para acabar racionamento em Campina e região.

Governo aposta em obra inconclusa para acabar racionamento em Campina e região.

transposição-do-rio-são-francisco-580x387O eixo leste do canal de transposição das águas do Rio São Francisco ainda é uma obra em teste. Mesmo assim, conforme observou o doutor em Recursos Hídricos, Francisco Jacome Sarmento, o Governo do Estado confiou plenamente no resultado da transposição, quando anunciou a suspensão do racionamento de água em Campina Grande e mais 18 cidades, para o próximo dia 26, quando o Açude Epitácio Pessoa, em Boqueirão, deve atingir 8,2% do seu volume.

O professor doutor e pesquisador da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) lembrou que o racionamento começou em 2014 quando o Açude Boqueirão estava com 98 milhões de metros cúbicos. o canal leste da transposição foi inaugurado no dia 10 de março, quando a água chegou em Monteiro/PB. Em abril, o volume de Boqueirão baixou para menos de 12%. Em abril, começou a receber água e hoje está com 32 milhões de m3.

Confissão
No início desta semana, o Ministério da Saúde encaminhou uma nota à imprensa sobre o furto de água ao longo do canal e citou que a obra estava em teste. Para Sarmento foi uma confissão de que a obra havia sido inaugurada sem ter sido concluída. Dizia trecho da nota do MI: “O eixo leste está em fase de ajustes e testes. Nessa etapa, é verificado o funcionamento de todos os equipamentos eletromecânicos e, também, das estruturas de engenharia responsáveis pela condução de água, como: aquedutos, reservatórios, canais”.

O Ministério da Integração Nacional também afirmou que acelerou as obras do eixo leste do Projeto São Francisco para que o empreendimento fosse entregue dentro do cronograma do Governo Federal, para evitar o colapso hídrico na região num momento em que o Açude Epitácio Pessoa registrava o menor volume dos últimos anos – 2,9%.

Atualmente, são fornecidos diariamente entre 3,8 e 4,0 metros cúbicos por segundo no leito do Rio Paraíba, em Monteiro (PB).

O roubo de água
O Ministério da Integração Nacional solicitou, na última semana (3), apoio do Ministério Público do Estado da Paraíba para assegurar que as águas do Eixo Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco sejam utilizadas, prioritariamente, para o abastecimento humano e animal, conforme determina a outorga da Agência Nacional de Águas (ANA), emitida em 2005.

A medida foi necessária depois que equipes técnicas da pasta constataram que agricultores, ao longo do Rio Paraíba, estão desviando as águas do ‘Velho Chico’ para plantações, apesar de a região enfrentar a maior estiagem dos últimos 100 anos.

Além disso, o Ministério da Integração registrou denúncia na 14ª Delegacia Seccional de Polícia Civil, em Sumé (PB), em razão dos aterramentos encontrados dentro do leito do Rio Paraíba. As estruturas contribuem para a redução da vazão no curso d’água do manancial.

Técnicos do Ministério estimam que as ligações não autorizadas já tenham desviado cerca de 20 milhões de metros cúbicos das águas do São Francisco nos últimos 2,5 meses. Esse volume corresponde a cerca de quatro vezes a quantidade de água que forma a Lagoa Rodrigo de Freitas, um dos cartões postais do Rio de Janeiro.

A retirada está sendo feita ao longo dos mais de 100 quilômetros do leito natural do Rio Paraíba. Cerca de um milhão de pessoas dependem do fornecimento dessa água para ter a garantia de abastecimento neste longo período de escassez hídrica que castiga a região.

O uso indevido e não autorizado da água pelo Ministério da Integração Nacional tem impactado diretamente no cronograma de racionamento das cidades paraibanas. Como o Projeto está em fase de pré-operação, a utilização do ‘Velho Chico’ para outros usos, neste momento, pode colocar em risco a segurança hídrica da população do estado da Paraíba. blog do rubão

Anúncios
Categorias:Uncategorized
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: