Início > Uncategorized > Funcionário de creche na PB é suspeito de intoxicar crianças com remédio.

Funcionário de creche na PB é suspeito de intoxicar crianças com remédio.

frame-crecheUm funcionário de uma creche municipal em Piancó, no Sertão da Paraíba, está sendo investigado suspeito de intoxicar cinco crianças ao fazê-las ingerir medicamento ainda não identificado.

A ocorrência foi registrada no dia 26 de julho, mas o Conselho Tutelar da cidade só divulgou o caso no fim de semana.

As crianças, que têm entre 4 e 5 anos, contaram à Polícia Civil que foram obrigadas a tomar o medicamento após o almoço que é servido na creche. Nenhuma delas, porém, soube especificar que tipo de remédio tinham ingerido.

Elas foram levadas ao hospital sem que os pais soubessem, apresentando sintomas como tontura, fraqueza e sangramentos pelo nariz. As cinco foram atendidas no Hospital Regional de Piancó e receberam alta médica na sexta-feira (28).

“Conversei com meu filho e perguntei o que estava acontecendo e ele disse que um professor tinha dado um comprimido a ele e outros alunos porque estavam dando trabalho e não queriam dormir”, relata Maria José Silva, mãe de uma das crianças intoxicadas.

A reportagem da TV Paraíba teve acesso aos prontuários médicos do Hospital Regional de Piancó. Em todos eles a causa apontada foi intoxicação exógena, que é registrado quando uma substância que não é produzida pelo corpo humano provoca os sintomas de intoxicação. g1

Anúncios
Categorias:Uncategorized
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: