Início > Uncategorized > Paraíba registra 628 homicídios no primeiro semestre de 2017.

Paraíba registra 628 homicídios no primeiro semestre de 2017.

goias-reduz-em-1-numero-de-homicidios-no-primeiro-bimestre-do-anoO Estado da Paraíba continua reduzindo os números de assassinatos registrados em seu território. É o que demonstra o relatório de indicadores de criminalidade finalizado pela Secretaria da Segurança e da Defesa Social (Sesds), que aponta uma redução de 9,6% de crimes contra a vida contabilizados no 1º semestre de 2017, em relação ao mesmo período do ano passado. De 2012 a 2016, a taxa de homicídios na Paraíba caiu de 40,4 para 33,1 casos por 100 mil habitantes. De acordo com o Núcleo de Análise Criminal e Estatística da pasta, de janeiro a junho deste ano foram registrados 628 Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), que são os homicídios dolosos ou qualquer outro crime doloso que resulte em morte.

Em 2016, nos seis meses, foram 695 casos. O relatório ainda aponta que 12 das 21 Áreas Integradas de Segurança Pública (Aisp) atingiram metas e fizeram jus ao prêmio em dinheiro estabelecido pelo programa Paraíba Unida pela Paz, que será recebido pelos servidores das forças de Segurança Pública que trabalham nessas localidades, conforme previsto na Lei 10.327/2014.

Registraram queda no número de assassinatos 13 áreas integradas: 1ª e 2ª Aisp (zonas Sul e Norte de João Pessoa); 3ª Aisp (Cabedelo); 4ª Aisp (Bayeux); 5ª Aisp (Santa Rita); 7ª Aisp (Mamanguape); 12ª Aisp (Esperança); 14ª Aisp (Monteiro); 15ª Aisp (Patos); 17ª Aisp (Itaporanga); 18ª Aisp (Catolé do Rocha); 19ª Aisp (Sousa); 21ª Aisp (Solânea).

Prevenção e repressão

Para o secretário da Segurança e da Defesa Social, Cláudio Lima, os números são resultado do trabalho de prevenção e repressão qualificadas realizado pelos órgãos operativos da pasta. “Reduzimos no 1º semestre do ano passado em relação a 2015 e este ano novamente em relação a 2016. Redução após redução. Enxergamos o enfrentamento à violência como um processo que deve acontecer de forma sistêmica, envolvendo não só Polícia Militar, Civil e Corpo de Bombeiros, como também outras instituições. São palavras-chave nesse trabalho a integração, a responsabilização territorial e o fortalecimento da Inteligência policial. Todos esses fatores contribuem para que a Paraíba se destaque no Nordeste e no Brasil, registrando redução de assassinatos de maneira consecutiva, desde 2012, mesmo em um momento em que outros estados sofrem com o crescimento da violência”, frisou o secretário. JP

Anúncios
Categorias:Uncategorized
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: