Início > Uncategorized > Deputado é flagrado levando equipamentos da UPA de Sousa.

Deputado é flagrado levando equipamentos da UPA de Sousa.

deputadorenatogadelha_macas_upaA Polícia Militar apreendeu um caminhão carregado com móveis provenientes da Unidade de Pronto Atendimento de Urgência (UPA) de Sousa. O material seguia nesta terça-feira (7) para Campina Grande, quando houve a abordagem. O prefeito da cidade, André Gadelha (PMDB), foi derrotado nas eleições deste ano para Fábio Tyrone (PSB). O deputado estadual Renato Gadelha (PSC) foi chamado para resolver a questão e reclamou a posse do material, alegando ter documentação que comprovam a informação. Apesar disso, não houve acordo e o material foi apreendido pela PM até que a documentação seja apresentada.

Em nota, Renato Gadelha deu sua versão a respeito do que chamou de mal-entendido. Ele assegura que o material apreendido pertence ao Hospital João XXIII e estavam cedidos à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Sousa. Foram cedidos à prefeitura de Sousa para que a instituição de saúde fosse inaugurada. O deputado explicou que o mesmo caminhão responsável por levar as camas de Campina Grande para Sousa, estava fazendo o transporte de volta para Campina. “O motorista e o ajudante do caminhão informaram à polícia que as camas são do Hospital João XXIII, pois eles mesmos as trouxeram para Sousa. Infelizmente, a PM foi induzida a erro e acabou por apreender o material”, disse.

O deputado, que já foi diretor do Hospital João XXIII, sugeriu à PM que as camas fossem levadas de volta à Upa até que ficasse comprovada a propriedade dos equipamentos. “No entanto, minha sugestão não foi acatada e as camas e colchões acabaram ficando retidas na delegacia”, relatou Renato Gadelha. O parlamentar explicou a cessão das dez camas e dez colchões para utilização na Upa de Sousa. “A licitação ainda levaria algum tempo e o João XXIII dispunha dos equipamentos. Foi feita a cessão à Prefeitura para que a população pudesse dispor dos serviços da Upa. Agora, diante do não uso das camas, o hospital estava buscando de volta o que lhe pertence”, detalhou Gadelha.

Segundo informações da Polícia Civil, foram retiradas dez camas hospitalares por volta das 23h. O motorista do carro, os ajudantes e os advogados de Gadelha foram na delegacia para prestar esclarecimento. O material está na delegacia de Sousa até que os advogados apresentem documento comprobatórios de compra das camas.

Renato adiantou que a Secretaria de Saúde de Sousa estava ciente da retirada. “O hospital fez a solicitação que foi, prontamente, atendida pela prefeitura. A posse das camas será comprovada e ficará claro que tudo não passou de um mal-entendido. Tentou-se criar um fato político, mas toda a documentação necessária será apresentada e as camas seguirão o seu devido destino”, finalizou.


Anúncios
Categorias:Uncategorized
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: