Início > Uncategorized > SALGADO comemora 55 anos de emancipação política nesta segunda (05/12/16)

SALGADO comemora 55 anos de emancipação política nesta segunda (05/12/16)

xxxxxxx

Localizado no Agreste paraibano, mais precisamente na Região Metropolitana de Itabaiana, a 81 km da Capital, Salgado de São Félix, celebra nesta segunda-feira (05), seus 55 anos de emancipação política. A sua independência no aspecto administrativo, ocorreu em 1961, quando se desmembrou da vizinha cidade de Itabaiana, pela Lei Estadual de N° 2.610, após ser chamada por vários outros nomes, como Aburá e apenas Salgado.

Conta com uma população estimada de 11.966 habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2012, distribuídos em uma área de 201,8 km². Limita-se ao Norte com Mogeiro, ao Sul com Timbaúba (PE) e Macaparana (PE), à Leste com Itabaiana e ao Oeste com Natuba.

A economia do município depende em grande parte do setor agrícola, as principais culturas praticadas são as do milho e do feijão para subsistência, além destas, cultiva-se em pequenas propriedades particulares irrigadas plantas para a alimentação do rebanho bovino. No passado, até meados da década de 80 o município produzia enormes quantidades de algodão e tomate, mas com as constantes secas e a falta de incentivo governamental, essas duas culturas praticamente deixaram de existir no município.

No aspecto econômico, a localidade ainda se destaca com a Pecuária, com grande parte do rebanho bovino destinado ao abate e ao fornecimento de leite. A atividade extrativista no município embora seja recente, também tem conseguido uma boa produção principalmente na extração de mel. Outra atividade que tem ganhado destaque no município é a produção de camarão. Atualmente a maioria do produto é exportada para outros estados e outros países.

O turismo do município é o chamado turismo de eventos e baseia-se quase que exclusivamente em torno de duas grandes festas, a Festa do padroeiro São Félix de Cantalice e a Festa de Santos Reis. Além disso, existem importantes prédios da história de Salgado que foram tombados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba (Iphaep), mas que não são utilizados como objetos de prática turística, a exemplo do Sobrado da Família Maroja localizado as margens da PB 082; a antiga residência de Oscar Maroja; a Igreja de Nossa Senhora do Terço, com mais de 100 anos de construída e que guarda traços de uma arquitetura em estilo neoclássico.

Anúncios
Categorias:Uncategorized
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: