Início > Uncategorized > PF vai apurar ameaças de morte a Manoel Junior e família em Pedras de Fogo.

PF vai apurar ameaças de morte a Manoel Junior e família em Pedras de Fogo.

wwwwwApós ameaças a sua esposa, Isabella Maroja Alves, a sua irmã, Kilza Ribeiro Alves, e a um assessor, o deputado federal Manoel Junior (PMDB) se reuniu, nesta quarta-feira (14), com o superintende adjunto da Polícia Federal na Paraíba, Ricardo Aranha Trigueiro, para pedir proteção e garantia de sua integridade física e de sua família.

As ameaças aconteceram na noite da última terça-feira (13), na cidade de Pedras de Fogo, onde Isabella é vereadora e disputa a reeleição e sua irmã Kilza é candidata a vice-prefeita. Após o relato do parlamentar, a Superintendência da PF designou um delegado especial para acompanhar o caso.

Segundo boletim de ocorrência, registrado da delegacia de Alhandra e na Polícia Federal, Isabella, Kilza, o motorista e uma assessora realizavam atividades de campanha na noite da terça-feira (13), em uma agrovila denominada de Campo Verde, quando o veículo em que eles estavam foi interceptado e cercado por outros seis carros. “Em um dos veículos comandando os atos de coação contra Isabella e minha irmã estava o senhor Vandinho, irmão do prefeito de Pedras de Fogo, Dedé Romão”, relatou o deputado à PF.

De acordo com Manoel Junior, o grupo queria que seus familiares deixassem o local. Ele revelou que a polícia militar foi acionada para se dirigir à agrovila, mas ao chegar ao local nada fez. Após as ameaças e intimidação, Isabella se dirigiu a zona urbana de Pedras de Fogo, sendo seguida até a sede da cidade.

Já na zona urbana, Isabella, Kilza e o motorista se depararam com outro irmão do prefeito, identificado como Valdinho, que acompanhado de diversas pessoas e carros continuaram as agressões verbais e intimidação, com palavras de baixo calão. “Eles tentavam expulsá-los da cidade. Diante da falta de clima no local, Isabella e Kilza, acompanhadas do motorista se dirigiram à cidade de Alhandra, onde registraram boletim de ocorrência”, declarou.

Manoel Junior contou ao delegado da PF que também na noite da terça-feira (13) seu assessor Ailton Ferreira da Silva e senhor Ricardo Roque estavam na rua José Lins do Rêgo, por volta das 19h00, quando “de repente uma camionete Hilux de cor prata passou a cerca-los. “Após o cerco, o veículo parou em frente ao meu assessor, Valdinho baixou o vidro, mostrou uma pistola e disse: isso aqui é para você e para seu chefe”, disse o deputado à Polícia Federal.

Após a ameaça de morte, Valdinho se evadiu do local e assessor Ailton Ferreira prestou queixa na delegacia de Alhandra. mais pb

Anúncios
Categorias:Uncategorized
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: