Início > Uncategorized > Fechado: Manoel Júnior será o vice de Cartaxo em João Pessoa.

Fechado: Manoel Júnior será o vice de Cartaxo em João Pessoa.

índiceO velho jargão do futebol diz que o jogo só termina quando acaba. É fato. Ninguém contesta esta máxima. Assim como ninguém contesta, também, que ela pode ser usada para explicar as coligações na política. Em João Pessoa, a tese do chapão começou como uma possibilidade pensada pelo senador Cássio Cunha Lima (PSDB). Muitos contestaram por que a proposta inicial era que marchassem juntos PSD, PSDB e PMDB. O problema é que os peemedebistas, notadamente o pré-candidato a prefeito Manoel Júnior, resistiam à proposta de vice na chapa do prefeito Luciano Cartaxo (PSD). Essa resistência não existe mais.

As conversas evoluíram muito na semana passada e chegaram maduras ao fim de semana. Manoel Júnior vai ser o vice na chapa encabeçada pelo PSD, numa articulação cujo resultado será oficializado nesta semana. Havia dúvidas principalmente em relação à chapa proporcional. Os peemedebistas rejeitaram a possibilidade de coligação com o PSDB, porque isso reduziria as chances de eleger uma bancada para a Câmara Municipal. O diretório espera eleger dois ou três vereadores. O problema foi contornado com o compromisso de que a sigla poderia se coligar, na proporcional, apenas com o PSC.

Manoel Júnior foi aconselhado a dar uma mergulhada, ou seja, sair dos holofotes por uns dias até o anúncio da coligação, o que deve ocorrer nesta semana, depois das pautas mais “pesadas” do Congresso. A Câmara dos Deputados vai eleger o novo presidente, na quarta-feira (13), e, antes disso, será votado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) o recurso do ex-presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). A aproximação com Cunha, inclusive, foi um dos motivos para que a pré-candidatura de Manoel Júnior fosse minada pelos adversários e eleitores.

Os desgastes seguidos entre o governador Ricardo Coutinho (PSB) e o senador José Maranhão (PMDB) também ajudaram a acelerar a aproximação dos peemedebistas do grupo adversário, comandado pelo senador Cássio Cunha Lima. O compromisso de Cartaxo para Manoel Júnior é o de que ele deixará o mandato em abril de 2018 para disputar o governo do Estado. O PMDB, com isso, passará a comandar a capital e ganhará fôlego para voltar a dar as cartas na política estadual no futuro. Entre PSD, PSDB e PMDB já está tudo certo. Resta esperar o apito final. suetoni/2016/07/11/

Anúncios
Categorias:Uncategorized
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: