Arquivo

Archive for 25/10/2015

Estudantes capotam carro e morrem após saírem de vaquejada.

jovem_ferida(1)
Um grave acidente foi registrado por volta das 2h deste domingo (25), na Rodovia PB-426, trecho que liga as cidades de Coremas e Cajazeirinhas, na extremidade da microrregião do Vale do Piancó paraibano.

De acordo com as informações de testemunhas, sete jovens estavam em um Fiat Uno, e após sair de uma vaquejada no Sítio Mangueirão, município de Coremas, acabaram se envolvendo em um capotamento que vitimou fatalmente duas pessoas e deixou cinco feridas.

As vítimas fatais identificadas pelos nomes de Anderson Lopes Souto, 22 anos e Alisson Lacerda de 20 anos. A jovem Ana Cléia Soares (foto), de 20 anos, teve perca de massa encefálica e está internada em estado grave no Hospital de Traumas em Campina Grande.  Leia mais…

Anúncios
Categorias:Uncategorized

Chilena faz Enem na Paraíba e decreta: ‘foi a primeira e última vez’.

enem_chilenaO cansaço foi maior que a disposição da chilena Éricka Maluenda para a prova do Enem deste domingo (25). Aos 44 anos, ela conta que saiu da sala depois de três horas de provas porque “não aguentava mais ficar dentro da sala e não adiantava ficar lá esperando que a resposta caísse do céu”.

Depois da experiência, ela tomou uma decisão. “É a primeira e última vez que faço o Enem. Não dá pra ficar fazendo porque tenho outras coisas pra fazer da vida”, diz.

Éricka mora no Brasil há 30 anos, é mãe de uma brasileira de sete anos, professora de história e quer entrar para letras, por isso decidiu enfrentar o Enem este ano. Atualmente ela está foram de sala de aula, mas diz que gosta muito da profissão porque oferece conhecimento para as pessoas. Leia mais…

Categorias:Uncategorized

O que há por trás do assassinato do menino Everton em Sumé.

a0843d9350e2f76a8f35A morte de Everton Siqueira Silva, 5 anos, deixou a população paraibana chocada pela forma cruel e macabra como aconteceu. A cada passo da investigação policial, surge um novo fato surpreendente, e entre estes, o mais revoltante foi a confirmação de que a própria mãe da criança teria participado do plano e execução da morte. Crimes assim não são comuns na Paraíba, já a vida do pequeno Everton era bem parecida com a de milhares de pessoas que estão em nosso cotidiano. Everton era um menino de família pobre, que ainda cedo viu seus pais se separarem e, por necessidade, acostumou-se a viver na miséria, perambulando pelas ruas de Sumé, no Cariri paraibano. Everton era apenas um exemplo da parcela de 48,02% das crianças de Sumé, que vivem em situação de pobreza, segundo os dados mais recentes do Atlas Brasil (2010). Leia mais…

Categorias:Uncategorized