Início > Uncategorized > G1 faz levantamento dos salários pagos aos professores da rede pública

G1 faz levantamento dos salários pagos aos professores da rede pública

O portal G1 publicou nesta sexta-feira (17) um levantamento sobre as remunerações pagas aos professores com nível médio da rede pública estadual de todo o país.

Como nem todos os Estados utilizam a mesma carga horária semanal, a reportagem fez cálculos proporcionais para comparar o valor pago por todos os Estados e chegar àqueles que estão abaixo do piso recomendado pelo ministério.

Veja na tabela abaixo os salários-base e as remunerações totais de professores com nível médio em início de carreira:

Estado Salário-base de nível médio Remuneração total (com gratificações) Jornada semanal

AC* R$ 890,25 R$ 890,25 30 horas
AL* R$ 1.187 R$ 1.187 40 horas
AM R$ 679,09 R$ 952,51 20 horas
AP R$1.053,83 R$ 2.254,96 40 horas
BA R$ 1.105,56 R$ 1.450,27 40 horas
CE R$ 739,84 R$ 813,79 40 horas
DF R$ 1.701,16 R$ 3.121,96 40 horas
ES não foi informado não foi informado
GO R$ 1.006,00 R$ 1.006,00 40 horas
MA* não informou R$ 854,98 20 horas
MG* R$ 1.122,00 R$ 1.122,00 24 horas
MT* R$ 1.248,68 R$ 1.248,68 30 horas
MS R$ 1.325,92 R$ 1.856,29 40 horas
PA R$ 1.093,20 R$ 1.859,12 40 horas
PB R$ 926,17 R$ 1.156,17 30 horas
PE* R$ 1.187,97 R$ 1.187,97 200 horas mensais*
PI R$ 1.187,08 R$ 1.417,08 40 horas
PR* R$ 853,46 R$ 1.392,90 20 horas
RJ* R$ 1.220,76 não foi informado 40 horas
RN* R$ 664,33 R$ 768 30 horas
RO não foi informado não foi informado
RR R$ 1.399,64 R$ 2.099,47 25 horas
RS R$ 868,90 Há gratificações, mas valor final não foi informado 40 horas
SC R$ 609,46 R$ 1.185,24 40 horas
SE R$ 1.187 R$ 1.662,05 40 horas
SP não foi informado não foi informado não informado
TO R$ 1.239,31 R$ 1.239,31 (não há gratificações) 40 horas

Anúncios
Categorias:Uncategorized
  1. 18/06/2011 às 01:59

    O salário pago aqui no estado da paraíba, contempla apenas o professor efetivo e para se chegar ao piso nacional, incluíram a GED e outras gratificações. O quadro efetivo e muito pouco, pois a maioria dos profesores são pro-tempores. Só houve um concurso em 10 anos, com vagas para 1500 professores, sendo que a carência é de aproximadamente 15000.É de se lamentar.

  2. Rejane Viana
    18/06/2011 às 16:43

    Engraçado, eu pensei que os estados do sul, que são tão metidos a querer ser importantes, pagassem bem aos “sofressores”, mas eu acho que é melhor mesmo estar na Ilha da Fantasia, perto dos políticos (que nem sempre estão lá, como agora, nas festas juninas, quando o recesso deles extrapola o dos professores). O salário lá é até razoável. Aliás, deveria ser melhor, considerando que um “xeroqueiro” do senado ganha em torno de 6.000,00. Será que um dia a educação vai ser respeitada? Até os professores que se envolvem com educação, “viram” políticos e adeus compromisso!
    Que salários!

  3. Luiz Ricardo
    18/06/2011 às 19:47

    Sou professor do RN e estes valores estão desatualizados, antes de publicar verifique 😦

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: