Assaltante armado invade loja e rouba 30 celulares em João Pessoa, diz PM.

assalante_loja_rouba_celulares Uma loja de venda e assistência de aparelhos celulares localizada na Rua Diogo Velho, no Centro de João Pessoa, foi assaltada na manhã deste sábado (30). Segundo informações da Polícia Militar, com base no relato do proprietário do estabelecimento, os assaltantes chegaram na loja, uma deles amardo anunciou o assalto e fugiu levando pelo menos 30 celulares, além de equipamentos para celulares.

Ainda de acordo com a polícia, apenas um dos assaltantes estava armado e chegou a colocar a arma na cara do dono da loja. O suspeito que estava armado saiu a pé do estabelecimento e entrou em um carro que estava parado perto da loja. A Polícia Militar foi chamada e realizou buscas pela área. Leia mais…

Categorias:Uncategorized

Em Juripiranga, não se comemora 1 de maio como antes

maio

Amanhã, dia 1 de maio, dia do trabalhador, há exatos 5 anos a população de Juripiranga ganhava  o mais moderno posto do PSF da região. 5 anos depois a cidade vai ganhar uma casa alugada com uma placa que informa ‘Unidade de Policiamento Ostensivo’, nome bonito, só que a cidade vai continuar com apenas 3 policias. Ostensivo só o fluxo de ladrões.

Categorias:Uncategorized

Fui roubado e não dei queixa.

xxxx

João Pessoa é a 12ª cidade do País com mais ocorrências e Campina, a 17ª. Porém, mais de 60% das vítimas não fazem o BO. O fato prejudica as ações policiais.

As ferramentas tecnológicas tem ajudado a população a ter informações sobre assaltos e furtos ocorridos em todo o Brasil. O site Onde Fui Roubado estima que R$ 230 mil são levados por ano pelos assaltantes em João Pessoa, 12ª com mais crimes. Na Capital, 60,6% das vítimas não registraram o boletim de ocorrência. Em Campina Grande, este índice chegou a 68,6%. A maior parte dos crimes ocorre à luz do dia. Leia mais…

Categorias:Uncategorized

Tribunal de Justiça da Paraíba solta motorista que matou 2 irmãos.

tj

Um vigilante de 42 anos, preso por suspeita de ter batido o carro que conduzia em uma motocicleta na qual trafegavam dois irmãos, que faleceram após o acidente, ocorrido no dia 25 de fevereiro deste ano, conseguiu ser solto nesta sexta-feira (29) através de um Habeas Corpus impetrado pelo advogado dele no Tribunal de Justiça da Paraíba, fazendo com que ele passe a responder ao processo em liberdade. Leia mais…

Categorias:Uncategorized

Quem está pagando as contas de Lula?

istoé

Para conspirar a favor de Dilma, Lula aluga uma suntuosa suíte de um hotel em Brasília, mas não revela quem está bancando as despesas…
Marcelo Rocha Leia mais…

Categorias:Uncategorized

Prefeito visita obras do Mercado da Torre e confirma entrega para junho.

67Uma visita nas obras de reestruturação do Mercado da Torre, na Zona Norte de João Pessoa, aconteceu na manhã desta sexta-feira (29), acompanhado de secretários o prefeito Luciano Cartaxo conferiu o andamento da última etapa dos trabalhos no local, que vai garantir melhores condições para a população e para 65 comerciantes. A entrega da obra está prevista para o mês de junho, dentro do pacote de 50 obras com entrega anunciada até o aniversário da cidade, em agosto.

“Estamos conferindo pessoalmente o andamento da obra porque acreditamos que o mercado tem um papel fundamental na economia da Torre”, destacou o prefeito. “Este equipamento possui uma grande importância histórica para a cidade de João Pessoa e está sendo reestruturado dentro de um padrão de qualidade que vai garantir melhores condições para clientes e comerciantes”, completou. Leia mais…

Categorias:Uncategorized

Ex-prefeito de Sossego vai devolver R$ 109 mil à prefeitura.

PB-167-sossego-foto-francisco-frança-50O juiz 4ª Vara Federal, Rafael Chalegre do Rego Barros, condenou por improbidade administrativa o ex-prefeito de Sossego, no Curimataú paraibano, Juraci Pedro Gomes. Além de ter os direitos políticos suspensos por oito anos, o ex-gestor vai devolver R$ 109 mil aos cofres públicos. O magistrado ainda proibiu Juraci de contratar com o Poder Público ou receber benefícios pelo prazo de 10 anos.

“Os valores da condenação referentes à obrigação de pagar deverão ser atualizados desde a data em que recebidos os valores indevidamente em decorrência do ato de improbidade administrativa
objeto de condenação nestes autos”, afirmou o juiz na sentença. Leia mais…

Categorias:Uncategorized